July 30, 2007

Então, não me joguei não, hahaha. Mas que dá vontade, dá.

Mas é o que eu sempre digo - a internet pode ser democrática, aberta e uma via de troca livre de informações entre mundos, mas a verdade é que o nosso comportamento na vida online sempre vai repetir os padrões que mantemos offline. Eu não tenho amigos burros, não tenho paciência com gente limitada, tenho surtos com gente que fala e escreve errado o tempo todo, não gosto de gente folgada, odeio pensamento de massa, não confio em tudo que leio/ouço. E principalmente, não entendo poesia. Antes de dizer qualquer coisa, me pergunto se preciso mesmo ou é só vontade egocêntrica de ouvir a minha voz e de dar minha opinião que ninguém pediu. Se eu não sei algo, eu procuro até achar - só pergunto pra alguém se eu esgotar TODAS as minhas possibilidades. Não faço perguntas pessoais pra todo mundo, mas se me contarem alguma coisa eu ouço e guardo pra mim e NUNCA vou dividir a informação com ninguém. Se me pedirem algo, eu faço se for razoável. Se não pedirem, faço também, se eu achar necessário. Só mantenho contato com pessoas de quem gosto e que gostem de mim.

...
...
...




...e é por isso que eu nunca recebo scraps coletivos no Orkut com desenhos de passarinhos e caminhões de carinho e desejando bom dia e mensagens construtivas! :) Hahahahahahahahahahahahahahahahahahaha


(graçazadeus!)

5 comments:

xris said...

(sonhei que vc tava num vagão de trem com mais um monte de gente da minha família e TODOS estavam me dando a maior lição de moral e vc concordava com tudo. aí eu fiquei super irritada e saí do vagão)

e em relação a esse post: ui!
hahaha.

Antonio Fontelles said...

Em relação a este post: é isso mesmo!!! :-) E cá estou eu dando a minha opinião sem ter sido perguntado... mas é que o post é tão a minha cara, que eu não resisti.
XXX/A

annix said...

ei, Antoine, se tem uma caixa de comentários aqui é porque a sua opinião ESTÁ sendo perguntada! :)

João said...

Sofro exatamente dos mesmos problemas, inclusive não entender/apreciar poesia, e olha que eu tentei.
E me sinto com muita sorte em ter os amigos que tenho.

annix said...

Tá vendo, João? Great minds think alike! :) hohohoho