July 09, 2007

No final das contas conseguimos ir ver a Björk! Akira, mesmo operado e claudicante, bravamente me acompanhou ao Westerpark - que surpreendentemente estava mais vazio que no dia do Peter Gabriel. Bem mais. Vai entender esses holandeses.
Tinha comprado o "Volta" em NY e gostei MUITO - um alívio depois dos chatíssimos "Drawing Restraint 9" (tudo bem, era conceitual e trilha de uma obra do Matthew Barney - NOT made to be fun) e "Medúlla" (que é lindo, though). Imaginem então um setlist que foi a mistura perfeita do "Volta" e os grandes hits dos outros álbuns - que além de tudo ganharam arranjos novos, aproveitando a presença de um tentet de metais, bases eletrônicas e percussivas. "Hyperballad" ficou mais "lenha", "Army of Me" mais pesada, e assim vai, até chegar o bis, uma versão fodíssima de "Declare Independence". E ela pula, faz dancinhas e fala com aquele sotaque fofo, vestida de vermelho e branco num palco cheio de cores. E continua cantando como nunca :-)

Parece que ela vai tocar no Brasil, né? Não percam.

(eu fui no de 96, no Free Jazz - que foi naqueles galpões na Barra Funda, se não me engano. Mas agora não consigo lembrar se fui no de 98 - que eu não sei nem onde foi. Mas isso não quer dizer nada, minha memória plays tricks on me all the time)

1 comment:

muié said...

Operado? O que houve com maridón?