December 02, 2007

Assisti ontem a "Friend", um dos maiores sucessos de bilheteria na Coréia do Sul. Compreensível, pelas boas atuações da dupla principal e a mistura de drama e violência em montagem ágil. E claro, o final emotivo, onde o não-dito tem mais importância que as palavras trocadas. A princípio pensei que fosse um daqueles filmes de máfia oriental à la Kitano, mas é mais uma ode à amizade incondicional - algo emblemático na cultura coreana.

Amigos de infância, Dong-Su, Joon-Sook, Jung-Ho e Sang-Taek crescem e tomam rumos diferentes. Os dois primeiros se tornam gângsteres, enquanto os outros dois levam vidas simples e comuns. Mesmo assim, o sentimento que une os quatro é forte, e às vezes, o único conforto, a única certeza com que podem contar.

Eles se dizem frequentemente : "entre amigos não há o que se desculpar". Porque a princípio o amigo, mesmo errando, nunca tem intenção de causar mal. Lealdade, essa sim uma das bases de uma amizade real e duradoura.

(quanta gente precisa aprender isso!)

6 comments:

Tati said...

Um dos meus filmes prediletos sobre a amizade é o já 'antigo', "Stand by Me"... queria que ele tivesse uma versão feminina...risos!!!!

Cris said...

E coooooomo precisam aprender. Ai, jisuis. :\

Gal said...

(Momento desabafo): Menina, esse ano eu tive uma das maiores decepções de minha vida em termos de amizade. Foi horrível! Porque, no final, ela queria sim causar mal. Mas, passou e eu me livrei da criatura.

Mais um filme pra minha listinha de coisas a serem pirateadas, porque ele nunca vai chegar por aqui!

Beijos e namarië.

Hector said...

off: po, não sabia que o alex tava no filme do zé do caixão! hahaha, demais.

já respondo teu email [dessa vez é sério, hehe]

Kris said...

Poxa... Queria assistir.

Annix said...

Tati, a versão feminina não é "Thelma & Louise" ?

Muié e Gal : às vezes é bom ter essas decepções. Não pela decepção em si, mas por a gente poder identificar algo prejudicial e cortar da vida. Antes tarde do que nunca.

Kris : Acho que vc ia gostar...