December 10, 2007

Eu tenho uma certa impressão de que 2007 tem sido um ano ruim pra todo mundo, em geral. Claro, na verdade coisas legais aconteceram também, mas parece que as chatas estão ganhando na contagem.

O que fazer nessas horas? Eu fui é ter um dia mulherzinha, e vi "I Could Never Be Your Woman". Quando estreou nem liguei - mas ontem descobri que é da Amy Heckerling E tem o Paul Rudd!

(entendam, o Paul Rudd pra mim tá no mesmo patamar que o John Cusack - lindo, adorável e eu vejo QUALQUER filme com ele, por mais lixo que seja)

Aaah, que delícia de filme! Tudo, absolutamente tudo é um grandíssimo sarro bem-tirado - da idade dos personagens em relação à idade real dos atores às incontáveis referências ao sucesso anterior da diretora, "Clueless". Chorei de rir.

E putz, tem o Jon Lovitz. Adoro.

Pra completar, ainda fez um dia razoavelmente bonito, e a H&M está em liquidação. Arrematei umas coisinhas de 2, 5 e 10 euros que vão deixar eu e minha irmã bem contentes (ok, eu esqueci por meia hora que tinha dito que não ia mais comprar roupa este ano). I love being a girl.

2 comments:

muié said...

Todo ano terminado em 7 é uma porcaria pra mim. Só não lembro o que aconteceu em 1977, mas deve ter sido ruim também.

Eu penso que... said...

Annix, que coincidência!!!
Eu já tinha lido sobre o filme há tempos atrás e somente na noite de domingo(09/12) consegui ver.
A-d-o-r-e-i!
É uma comédia romântica deliciosa de se assistir. Meu marido foi chegando de mansinho também e ficou até o final do filme. Não conseguiu deixar de ver.
A atriz mirim também foi 'show'.