April 01, 2008

"Margot at the Wedding" parece uma caricatura de cinema francês feita por um americano. Não gostei do filme, e ficava contando os minutos para que ele chegasse ao fim. Elenco bizarro, apesar de A-list : Nicole Kidman, Jack Black, John Turturro, Jennifer Jason-Leigh. Todos tentando ser uma família disfuncional. Mas Margot é um personagem detestável, passiva-agressiva demais, neurótica e borderline demais. Pauline (à la plage? Homenagem ao Rohmer?) é passiva e hesitante demais. Malcolm é loser demais. Tudo bem, sou super a favor de explorar as relações humanas - desde que se tire algo disso. De "Margot" só veio tédio.

5 comments:

lisa said...

esse filme é uma merda. quando acabou, achei que forçaram a barra pra parecer um filme cult. uó. a margot é uma cuzona. rs.

Lê said...

falando de cinema francês, vc viu "2 days in Paris" da Julie Delpy? Adorei.Recomendo muuuuito, ainda mais vc que morou por lá. Vai rir horrores...e a personagem é altamente indentificável com algumas mulheres de 30 e lá vai pedrada, como essa que vos fala;)

Andréa N. said...

Concordo contigo. Desperdicio de atores. E como disse a Lisa, ali em cima, a margot e uma cuzona. A Nicole Kidman forcou demais a barra. Me-do.

E concordo com Le, tambem, "2 days in Paris" eh uma graca. Muito bem feito. E a Julie Delpy fez TUDO: escreveu, dirigiu, produziu e ate compos a trilha. Poder.

Galaxy Of Emptiness said...

A Lê tá certa! "2 Days in Paris" é muito bacana! Tem uns diálogos inteligentes, o "mocinho" é um figuraça...e tem Paris, ai! Os jornais torceram o nariz aqui, mas é injustiça. Uma comédia que vale muito a pena, que fica na memória. Bjs!

Beth Blue said...

Caramba, vi o filme esta semana e você realmente tirou as palavras da minha boca. Achei o filme um saco (e com pretensão de filme francês) e a tal Margot uma das personagens mais irritantes do cinema dos últimos tempos. Como você bem disse: passivo-agressiva e detestável!