October 14, 2008

Confesso que quando "Turistas" gerou todo aquele bafafá no Brasil, só torci o nariz e ignorei o filme. Bah, patriotas de ocasião me irritam tanto quanto gringos burros, então zero a zero.

Agora que assisti, devo dizer que se o filme não tivesse criado polêmica, ninguém nem ouviria falar dele, porque é ruim pacas. Confuso, cenas longas e aleatórias, pouco gore, muito estereótipo e uma trilha que se resume a Marcelo D2 e Adriana Calcanhoto.

Mas ele serviu pra me lembrar de como tem estrangeiro que se afunda na babaquice só de pisar em solo brasileiro. Nos países de origem podem ser pessoas respeitáveis, cultas e até inteligentes, mas basta chegar no Brasil pra virarem primatas. Que acham que lá tudo pode, tudo é sexo, os "nativos" são amigáveis e que é o paraíso. Af.

Daí dão mole, papeiam com todo mundo na rua, andam por onde não devem pela "aventura", são assaltados/golpeados e depois ficam de mimimi porque na verdade os bons selvagens não são tão bons assim. Af, preguiça de mentalidade de sinhozinho.

(e olha que em Amsterdam rola a mesma coisa - por algum motivo, todo mundo acha que é uma cidade "liberal", então toca a fazer coisas inaceitáveis socialmente e perturbar todo mundo, porque claro, aqui "pode". Uah)

Tá, culpa do Brasil e da Holanda de vender essa imagem falsa, mas ser sem noção e ACREDITAR nela eu acho dez vezes pior. Ainda bem que não são todos.

4 comments:

ale said...

Nem fiquei sabendo desse bafafá, aliás, nunca ouvi falar desse filme. Tô bem por fora mesmo. Mas se tu tá dizendo que é ruim, acho que vou continuar ignorando a existência dele. Bj!

Gal said...

Menina, estava pensando sobre isso outro dia, em uma aula de Sociologia da América Latina, mas com relação à imagem da mulher brasileira em alguns países da Europa.
Como pode haver outra imagem se o que se vende é o Carnaval, as praias do Rio de Janeiro e do Nordeste?
Triste, muito triste mesmo.

Beijos e namarië

Tia Cris said...

Poisé, e tem os que acham que toda brasileira é uma morta de fome que só tá de olho na grana dos europeus. Tem quem ache que eu "romanceio" demais a Europa, mas, se romanceio, com toda certeza é mil vezes menos que muito gringo deslumbrado e desinformado que nunca viveu aqui e acha que o Rio é o paraíso da beleza e do hedonismo na terra.

Eu vi o "Turistas" quando passou na TV a cabo, e quase morri de rir da tosqueira e dos absurdos. Mimijei com aquele médico com discurso de oprimido dizendo que iria levar os órgãos para "o Hospital do Povo, no Rio".

Annix said...

ale, é que os vilões do filme são brasileiros, e o país é mostrado como se fosse uma selva subdesenvolvida.

pois é, meninas. Nem tem o que dizer, né?