January 30, 2009

Aproveitei pra assistir em SP ao documentário "Titãs : A Vida Até Parece Uma Festa". Surpreendentemente bom, revelador e bem montado, é uma espécie de "Please Kill Me" da banda, praticamente só com imagens da câmera de Branco Mello e algumas de arquivo. Nada de narração, apenas uma leve linha do tempo, vários momentos hilários e alguns de piada interna. Claro, como a produção executiva é dos integrantes, não espere cenas bombásticas - mas nem precisa. O grande mérito do filme, pra mim, foi não ter apelado pra pieguice nem nas horas mais sensíveis, como a da morte do Marcelo Frommer. Para os fãs, uma bela retrospectiva; para os não-fãs, um auto-retrato sem exageros de uma das bandas mais representativas do BRock.

Eu AMAVA os Titãs. Meu coração até deu um pulo quando vi imagens de um dos shows que vi no Projeto SP, na turnê do "Cabeça Dinossauro" em 86. Eu tinha quinze anos e foi um dos momentos inesquecíveis da minha vida. Infelizmente, os álbuns depois de "O Blesq Blom" foram uma seqüência de erros e más escolhas, e desisti de acompanhar, preferindo manter a imagem qeu eu tinha deles na mente de quando eu era adolescente.

(na verdade, a coisa degringolou depois que o Arnaldo saiu - e isso fica claro no filme, ao menos pra mim)

E pra ver como os gostos mudam com o tempo : eu tinha um imenso crush no Branco, e achava o Paulo feioso. Hoje, as coisas se inverteram, hahaha. Mas meu imenso respeito pelo mestre AA continua ;)

3 comments:

Lia said...

Nossa, já me falaram muito bem deste documentário... acho que tenho que assistir :)

Cris A. said...

Titãs é muito bom! Vou ver nessa semana, sem falta. (estou falando de ver esse filme há um tempão)

ale said...

Tô louca pra assistir! Sempre tive um crush no Miklos! Bj