April 10, 2009

Se você é muito sensível a violência, bad vibe e crueldade, não veja "Martyrs". Mais uma prova de que os franceses andam fazendo filmes de horror melhor que qualquer um, por não terem medo de serem brutais e perturbadores. Sério, é no nível "putaqueopariu, que filme tenso".

Por outro lado, se você gosta do gênero, assista. É surpreendente, um pouco inesperado, bem produzido e sem muita reverência a formas, estilos e "corretidão". A história acaba começando em um ponto e terminando em outro totalmente distante? Pois é, faz parte. E achei genial do Pascal Laugier não buscar ser perfeitinho, ter lógica ou explicação. Não precisa.

(lembram de quando eu falei de "À L'Interieur"? Então, é mais angustiante ainda. Não digam que eu não avisei)

1 comment:

Cris A. said...

Legal o contraste entre horror total e mulherzinhas from hell, haha