November 13, 2007

Ainda pelo Orkut, notei que duas profissões são o alvo de sonhos de muita gente : comissário de bordo e locutor de rádio. Chega ao ponto de ter gente dizendo que trabalharia sem pagamento, se tivesse uma chance.

Primeiro : quer trabalhar sem ganhar dinheiro, vai ser voluntário pra alguma instituição útil, que PRECISA da sua mão-de-obra gratuita. Deixa quem tem capacitação pra exercer a função ganhar o salário devido e tirar um pouco de grana das grandes corporações. Porque SIM, eles ganham dinheiro, mesmo que não te paguem.

Segundo : as duas carreiras precisam de treinamento especializado E uma certa vocação. Mas acima de tudo, um certo senso de realidade. Tá bom que você quer ser comissário porque acha nasceu pra servir os outros e acha o máximo da recompensa um sorriso de um passageiro (!). Eu sei que o que você quer mesmo é fazer o circuito Elizabeth Arden e conhecer o mundo. Não há problema nenhum nisso. Da mesma forma, o sem noção que fala que o dinheiro não importa, ele quer é se comunicar com o mundo, na verdade quer é ser famoso, um Eli Corrêa da vida (quem?). Encarem isso que fica mais fácil. Em 90% dos casos, é isso que acontece. E quem ganha são esses cursos fuleiros que cobram uma grana dos sonhadores incautos.

(o curso de locução do SENAC é bom e confiável, e quanto aos aspirantes a comissário...bem, nenhum dos meus amigos que foram contratados por companhias internacionais - AF e LH - jamais pisou numa dessas escolas de aviação. Cada empresa tem seu treinamento específico e te dá um tempo pra tirar o certificado geral, já contratado. Mas o pior mesmo é gente que faz curso de agente de solo - pagar pra aprender a fazer check-in, embarque e desembarque, sendo que cada companhia aérea tem um procedimento e sistema diferente?!)

O foda é que eu vejo nego achando que comissário/aeroviário não tem que falar outra língua e aspirante a locutor não sabendo falar nem português. Sério : se você acha que o passageiro estrangeiro não se importa de não ser capaz de se comunicar com você verbalmente e se satisfaz com a sua simpatia, precisa realmente viajar mais como pagante. E se você acha que tudo que o ouvinte quer é ouvir a sua bela voz falando "as árvere somos nozes" ou levando a palavra de Jesus, tem de criar um pouco de noção. Senão o máximo que você vai conhecer do mundo vai ser o Rio de Janeiro e a palavra de Jesus não vai passar do boteco da esquina.

5 comments:

Juli said...

rs... é tem gente que acha que trabalhar de tripulante tb é só viajar de graça...

pera e maçã sao para regime!

nossa, contei quantos sapatos eu tenho... 58!!!

mas continuo comprando

beijo!

Postmaster said...

Pois é annix... menos um ano de vida. Que dia melancólico ..rs.
E a propósito.... não, eu mesmo não planejo trabalhar em avião. E tampouco quero locutacionar nada. A não ser que seja por mímica. Falar dá um trabalhooooo... =D

E já que o assunto é 'pesquisa'...
também contei qtos sapatos eu tenho... 6!!! 3 pés esquerdo e 3 pés direito!!!

Annix said...

o_Ô

ste said...

Jesus, caixa de comentário atura cada uma, hein?

Annix
mas uma coisa vou ter de discordar: aquele lance de falar Português. Pelo que vejo aí (ouço), se o cara falar bem não vai fazer muito sucesso em rádio.

Se não falar, já já vira vereador, aí deputado, senador, decola! Um pohilhão de congressista começou como radialista daqueles bem lazarentos (e se tornou congressista bem lazarento) heehee.

Annix said...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Bem lembrado, ste...