December 15, 2007

Fui assistir a "Bee Movie" meio sem saber o que esperar. E fiquei confusa. Abelhas antropomorfizadas - uma delas sendo o Seinfeld - numa história cuja mensagem final parece ser : "Não vá contra sua natureza, porque será desastroso".

Mas a abelha-Seinfeld vai completamente contra e se dá bem. Inclusive, só ela vai completamente contra. O resto das abelhas volta a trabalhar feliz e contente na sua anonimidade e produção em massa.

Oh.

Qual é a mensagem, então? "Apenas um pode ser especial e escapar de um destino monótono, os outros que se conformem"?

"Não faz mal o seu trabalho ser repetitivo, pouco desafiador e massificante - in the big picture, faz diferença - pense no social"?

"Se você produz mais do que consegue consumir, não deve se importar que outra espécie comercialize esse excesso e não lhe repasse a renda"?

"Humanos e abelhas podem conviver bem - inclusive formando sociedades"?

"Troque seu namorado chato humano por uma abelha"?

As you see, disturbing - to say the least. Nem as poucas boas gags nem as participações especiais despropositadas salvam. A animação da DreamWorks tenta ser Pixar, mas não consegue.

Z-movie, isso sim.

3 comments:

Cris A. said...

Eu vi os dois trailers engraçadinhos de Bee Movie (aqueles que os atores estão com aquelas roupas toscas e o Spielberg aparece no final) e achei bobinho-inofensivo/interessante.

Se for isso que você falou é mesmo bem disturbing, que horror. o.O

E a Pixar é realmente imbatível.

Eu penso que... said...

Que pena... achei que seria um ótimo filme para assistir nas férias.
Talvez "Enchanted" seja um pouco melhor. Já vi o trailer e gostei.
Depois te conto.
Bjks

Beth Blue said...

Puxa, ao menos Bee não deve ser tão ruim quanto o wonderwinkel do Mr. Magorium que assisti ontem...Ô filme sem graça (apesar da belíssima loja de brinquedos, sem dúvida o o melhor personagem em uma história fraquinha).

Pra você ter idéia, até o Liam achou o filme sem graça (com ou seu brinquedos mágicos)...