December 19, 2007

Fui assistir a "Enchanted" atraída pelo trailer, onde o Patrick Dempsey diz pra princesa prestes a expressar seus sentimentos musicalmente : "Não, não cante". É o que eu sempre tive vontade de dizer pra TODOS os desenhos da Disney pós-1970 - me senti compreendida.

E por uma boa parte do filme, o que rola é essa auto-paródia divertida mesmo. Do conto de fadas clichê (Bruxa? Check. Animaizinhos da floresta? Check. Cavalo? Check) ao choque cultural quando os personagens se vêem perdidos no mundo real - cuja entrada é um bueiro em Times Square (how appropriate!), é um alívio ver que o gênero sabe rir de si próprio, um dinossauro no século XXI. O elenco é charmoso, e o James Marsden continua mandando bem. E o Patrick Dempsey é tão bom de se olhar...

(esse é um exemplo de homem que fica melhor com o tempo - assim como o Hugh Laurie)

Depois, vira um filme romântico comum, e o encanto acaba. Mas foi bom enquanto durou. Mesmo que não tenha sido pra sempre.

3 comments:

Cris A. said...

Curto muito a Disney, mas nunca engoli os filmes das princesas (certo certo, talvez A Bela Fera graças ao cabelo comprido e o pé de valsa do príncipe). xD

Mas todos os pós-70? Nem Rei Leão? :O

(Aahhhh... Hugh Laurie é tudo)

Annix said...

Nem o rei leão...acredita que só vi uns anos atrás? heh

Beth Blue said...

Pois eu tenho uma confissão de adolescente a fazer: eu adoro o Patrick Dempsey!!! Assisti religiosamente as três temporadas da série Grey´s Anatomy e tenho até os DVDs em casa (mas juro que não é só por causa dele que adoro a série).

Como assim, adolescente? ;-)