March 25, 2009

Ó, eu admito que esnobei a exposição "Van Gogh and the Colours of the Night" no MoMA ano passado. Mas já que veio pra cá, por que não ir, não é mesmo? E fui.

E aí imediatamente me senti uma trouxa, porque é um apanhado sensacional de obras com tema noturno - não só do Van Gogh, mas também de suas grandes influências, Millet e Hiroshige - e uma ótima oportunidade de apreciar quadros não muito conhecidos do holandês sem-orelha, baseados numa paleta de cores diferente dos tons solares habituais. Adorei as explicações sobre detalhes de "Os Comedores de Batatas" e das "Starry Night", mas detestei o fato delas estarem posicionadas do outro lado do corredor, me fazendo ficar de lá pra cá verificando o que estava escrito.

E a "La Nuit Étoilée" propriamente dita pode ser a mais famosa e a mais significativa, mas eu gosto mesmo é da "Nuit Étoilée sur le Rhône". Que eu não via há uns anos, já que faz tempo que eu não vou ao Orsay. Ver as duas na mesma sala foi bem emocionante.

2 comments:

Gal said...

Eu tenho uma reprodução deste quadro em meu quarto. É o meu predileto de Van Gogh!

Beijos e namarië

ale said...

Van Gogh faz muito bem ao olhar... sempre. Que privilégio que tu tens morando aí né? Bj